#CADÊ MEU CHINELO?

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

[release] CONVERSE FIX TO RIDE

Após restaurar uma das pistas mais importantes do Brasil, a Converse promove campeonato de reinauguração no dia 6 de novembro

A Converse Skateboard acaba de anunciar a segunda edição do projeto internacional FIX TO RIDE. Desta vez, é a pista do IAPI, em Porto Alegre, que passou uma bela reforma. Berço de alguns dos skatistas mais notáveis do Brasil, a pista estava em péssimo estado. Havia problemas por todos os lados, como rachaduras nos obstáculos, cantoneiras soltas, dificuldades de drenagem, lixo e, principalmente, pedras por todo o caminho.

A reforma começou no dia 13 de outubro e no dia 6 de novembro, a Converse Skateboard patrocina um campeonato com skatistas brasileiros e que tem a pista do IAPI como parte de sua história. Eles ajudarão a Converse a escrever mais este capítulo do skate nacional. “Quando investimos na restauração de um espaço público tão incrível como esse, estamos investindo na história de quem já passou por aqui, assim como naqueles skatistas que têm neste local uma referência sócio-cultual, além de área de lazer”, afirma Frederico Naroga, supervisor da divisão Skate da Converse Brasil.

Inaugurada em 2001, a pista do IAPI, que fica na Praça Frederico Balvê, é sem dúvida um dos points mais importantes do skate nacional. Assim como Daniel Crazy e Carlos Ribeiro, riders da Converse Skateboard, passaram por lá vários skatistas hoje reconhecidos no cenário internacional.
O fato é que a pista foi entregue à comunidade sem nunca ter sido concluída, passando apenas por alguns reparos isolados e bastante esporádicos. O trabalho de reconstrução não prevê apenas a eliminação dos problemas constatados, além disso, a empresa irá doar para a pista dois novos obstáculos para manobras. “Esse trabalho reforça o posicionamento da Converse Skateboard em relação ao incentivo ao skate brasileiro.

Além de mantermos nosso patrocínio a campeonatos, termos skatistas com carteira assinada e investirmos na criação de vídeos, também cuidamos do patrimônio histórico do skate”, completa Naroga.

FIX TO RIDE – Competição em clima de festa

O FIX TO RIDE, desenvolvido pela Converse, foi realizado pela primeira vez em 2007, na Argentina. A primeira edição no Brasil aconteceu ano passado e deu vida a uma das mais belas paisagens do Rio de Janeiro ao recuperar o bowl do Arpoador.
E como o nome do projeto já diz, a ideia é arrumar a pista para depois andar. Então, ao entregar o projeto, a Converse ainda promove uma competição para o dia da reinauguração da pista. A competição vai contar com 40 dos maiores skatistas brasileiros que vão concorrer a um total de R$ 10 mil em dinheiro.
O público poderá conferir, gratuitamente, a pista restaurada, a competição e muita música. Caso chova no sábado, dia 6, o campeonato será transferido para o dia seguinte.

A CONVERSE Inc. é sediada em Massachusetts. Fundada em 1908, a empresa construiu uma forte reputação com produtos como Chuck Taylor All Star, Jack Purcell e One Star. Hoje, oferece um diverso portfólio, comercializado em mais de 160 países. Adotada pelos skatistas desde os anos 70, a CONS é sinônimo de skate no mundo. Em 2008, a empresa abriu sua divisão de Skateboard que, no Brasil, oferece modelos de tênis exclusivos.
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@