#CADÊ MEU CHINELO?

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

BLACK SONORA




# pinga chuva #
DJ Yuga

pngchv: Tiago Jucá Oliveira
pht: Marcus Santiago


O que a Black Sonora vai apresentar na feira? quais os eventos que participará?

A gente ainda está fechando os eventos que vamos participar. 2 fechados já, um é na feira da musica mesmo e outro é no circuito de bares que estão participando do evento. Vamos tocar no Acervo Musical. O que vamos apresentar é o nosso trabalho que estamos batalhando estes 4/5 anos. Som autoral, com influências na black music mundial.

Que momento da carreira vive hoje a Black Sonora?

Velho... estamos passando por um momento muito legal como banda independente. Acabamos de captar patrocinio para lei de incentivo municipal de gravação do nosso primeiro Album. Fomos selecionados para participar do Edital de Circulação Musica MInas, programa bancado pelo governo estadual (www.programamusicaminas.com.br). Recentemente fomos citado pelo Jorge Ben Jor em entrevista para jornal local (Beagá), isso foi mais que ganhar prêmio, saber que nosso maior idolo e referência musical ouve o nosso som e ainda curte, isso é foda. Além de participar do Feira da Música, evento bacana que dá uma visibilidade legal para bandas que participam. Este ano a gente está focado no CD e de participar dos Festivais Independentes que rola pelo Brasil afora, principalmente os da ABRAFIN.

O que você já pode antecipar em relação ao CD?

Segredo de estado... rs. Então, o cd será de música autoral e mais duas releituras que já fazemos nos shows que são Zum Zum Zum imortalizada na voz do Rei do Ritmo Jackson do Pandeiro e Cassius Marcelo Clay do band leader Jorge Ben Jor e Toquinho, que por sinal adoram nossa versão para essa música. O Jorge ficou super feliz quando ficou sabendo que fizemos uma versão de uma música sua obscura e de um disco mais obscuro ainda rs.. o Negro é Lindo. Estamos na fase de pré-produção. Acertando com produtor musical, participações e outras burocracias de projeto de lei de incentivo.

O tema da feira este ano é tecnologia. você, como músico, o que pensa e enxerga na palavra tecnologia?

O que seria de nós pobres bandas mortais se não fosse a tecnologia. É por causa dela que estamos participando do Feira da Música. O avanço tecnologico tem mudado a cabeça de muita gente, ou virado a cabeça, né? Hoje em dia vc é capaz de gravar e produzir seu disco em casa, com custo quase zero, e com uma qualidade bem legal. Com isso abriu várias possibilidades para todos. O que notamos é que a cena independente é a que mais tem feito coisas legais, não só sonoramente falando como atitude diante dos novos tempos. E isso é graças a tecnologia. Hoje nossa música pode ser ouvida aqui em Beagá como tbm no Acre, Tocantins, India, Senegal, Sri Lanka... não existe mais fronteiras. E quem está antenado com as novas tendencias tecnologicas está um passo a frente.
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@