#CADÊ MEU CHINELO?

sexta-feira, 10 de julho de 2009

NA ROUBADA



# escrituras marginais #
Factos fictícios. Ou não

txt: Arlei "Xuxu Beleza" Arnt

Locovil sofre de esquizofrenia, com esporádicos surtos de violência. Há 19 anos, desde que nasceu, vive na maior favela da capital e convive com violência familiar, comunitária, social e policial. O Complexo da Raposa é uma academia anárquica que vai moldar a já agressiva personalidade de Locovil. Apesar do bigode acadêmico, Locovil ainda não completou o quarto livro escolar. Este ano largou o be-a-bá e o dois-mais-dois no primeiro mês de aula.

Os dois últimos e bons empregos que teve recentemente ele acabou desistindo de trampar. Voltou pro velho bico de sempre: lavar carros, num posto de gasolina, à noite – quando o dono não está presente. Pelo menos pra vida bandida ele não voltou mais.

Loco andava armado e roubava caranga. Sua maior roubada foi cair na mãos dos porquinhos durante uma fuga. Ironicamente aquela caranga roubada lhe destinou para a Febem. De lá saiu meses depois e manteve a paixão por carangas.

Hoje ele não rouba, prefere lava-las. Numa dessas limpezas Locovil deu um azar danado. Os tiras deram uma batida no posto em busca do famigerado Batista, assaltante de bancos e traficante foragido da cadeia. Locovil havia lavado e estava manobrando a caranga de Batista no exato momento da blitz policial. Para seu infortúnio, uma bucha de pó sujou a caranga recém limpa.

Batista retornou a viver no presídio. E Locovil passou a madruga inteira na delegacia, de onde só saiu de manhã. Graças à sinceridade de Batista, que assumiu a sujeira. Esse gesto de Batista mostra a fidelidade da lei anárquica marginal: não adianta só dar remédios pras senhoras, cerveja pra malandragem e cadernos e brinquedos pra meninada se você entrega o companheiro.
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@