#CADÊ MEU CHINELO?

domingo, 21 de junho de 2009

MAIS +ou- MENAS #006

PORTO ALEGRE, BRASIL
21 DE JUNHO DE DOIS MIL E NOVE

Esse é único suplemento dominical que é publicado no sábado e acaba sendo lido na segunda. Querem alguma opinião forte sobre algo? Nein! Ciao Itália!


+ou-

um ep



download >>> AQUI <<<



+ou-

um livro




Machado de Assis - A Reforma pelo Jornal (1859)

baixe >>> AQUI <<<



+ou-

um vídeo


Cristiano, Sujeito Simples
per Pablo Francischelli e Tiago Jucá, 2003





+ou-

uma foto


Laguna dos Patos, Pelotas
per Larissa Viana





+ou-

uma charge


Yes, I Can
per Latuff






+ou-

um lugar


Espaço Cultural, 512
João Alfredo, 512, Cidade Baixa, Porto Alegre




+ou-

um parágrafo


Em que democracia você vai votar?
per Júlio Valentim


Creio que esse cenário de participação política que a democracia representativa possibilita é muito triste e afasta do cidadão a possibilidade de tomada de decisões sobre questões realmente importantes. Afinal, escolher quem vai decidir no nosso lugar não é ter poder de decisão, é o contrário disso; principalmente, se não temos a garantia de que esse representante decidirá o que decidiríamos (e na maioria das vezes não decide). Portanto, criar o mito que o problema democrático é o de escolher bons políticos (ou o “menos pior”, afinal, em algumas eleições nenhum pode ser considerado bom) é responsabilizar o cidadão-eleitor pelas mazelas sofridas pela sociedade. Ou seja, a sociedade anda mal porque os cidadãos não sabem escolher e elegem maus políticos. De vítima o cidadão vira culpado, o responsável pelas falhas do sistema democrático representativo. Mas o que a maioria de nós não percebe é que é o próprio modelo de democracia representativa que é débil e precisa ser urgentemente substituído. O que precisamos eleger (e exigir) é um novo modelo de democracia, não novos políticos e representantes. Mas qual?

leia mais >>> AQUI <<<


+ou-

um blog


Remixtures



+ou-

um myspace


Balkan Beat Box

Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@