#CADÊ MEU CHINELO?

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

[águas passadas] O FIM DA PEQUENA CAVERNA MÁGICA E OUTRAS HISTÓRIAS


:: txt :: Ramiro Simch ::

 Parecia improvável que aquela pequena caverna mágica - governada por um bem-humorado taberneiro chamado Nani e recheada de carreteiro fumegante, refrigerantes dos mais obscuros fabricantes e balas de banana - um dia fosse tornar-se ponto culminante das terças-feiras de muitos dos que saem à noite em Porto Alegre. Na década de 1990, o Tutti Giorni da minha cabeça era apenas um dos lugares que minha família frequentava com relativa assiduidade.



Mas o tempo passou e a improbabilidade cedeu. A partir dos últimos capítulos dos anos 2000, as paredes cobertas de desenhos e os banheiros desumanos do Tutti alegraram-se novamente com a enxurrada semanal de centenas de boêmios sedentos por cerveja, conversa, riso. O sucesso quase repentino revigorou o alquebrado fluxo de caixa do boteco, e a escadaria da Borges tornou-se a ágora do momento. A esquina da Duque virou uma placa adiposa de saúde cultural.



Os personagens da infância ainda estavam lá: meu tio Edgar Vasques, Santiago, Uberti, Bier e companhia, rodeados de tantos outros. A fauna universitária comparecia em peso, assim como intelectuais, artistas e bebuns de diversas idades e profissões. Havia esperança etílica logo após a segunda-feira, afinal.



É isso tudo que termina - por assim dizer - aqui. Os dedos poderosos dos aluguéis atrasados acabaram por vergar a resistência duranga do barzinho e arrancá-lo dali. O espaço há de se tornar algo menos sujo e barulhento - um escritório de advocacia, acho. Seguirá sua vida sem fedor nem papelão. Até a Zero Hora lamenta. De minha parte, espero só que o Tutti Giorni floresça novamente em outro ponto do Centro. E que novas histórias possam ser construídas.
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@