#CADÊ MEU CHINELO?

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

[agência pirata] ZEROLÂNDIA É UMA ENGANAÇÃO


:: txt :: Wladymir Ungaretti ::

Esta  é a capa da edição de hoje (18/01/2012) de Zerolândia – jornal Zero Hora do RS.  Ótimo que estão reduzidas as fugas do semiaberto. Ótimo que a criança de dois anos foi salva. Mas, nos dois casos,  por um critério JORNALÍSTICO valeria , no caso das fugas, uma pequena nota interna e uma chamada de capa; e , no episódio da criança salva, no máximo, uma foto-legenda.  Essa capa é uma preciosidade, exemplar, da pobreza deste tipo de showrnalismo. O problema que se depara um jornal moderno, pressionado pela necessidade de se manter como um negócio lucrativo, é o de conquistar o interesse do homem comum – e, por interesse,  não estamos nos referindo naturalmente à sua mera atenção passiva, mas à sua ativa cooperação emocional. Se um jornal não consegue inflamar  seus sentimentos é melhor desistir de vez, porque estes sentimentos são a parte essencial do leitor e é deles  que este draga  as suas obscuras lealdades e aversões. BEM,  E COMO ATIÇAR OS SEUS SENTIMENTOS?  No fundo é bastante simples. Primeiro, amedronte-o – e depois tranquilize-o. Faca-o assustar com um bicho-papão e corra para salvá-lo, usando um cassetete de jornal para matar o mostro.  Ou seja, primeiro engane-o – e depois engane-o de novo.  ZEROLÂNDIA É UMA ENGANAÇÃO!!! Continuo sob censura. Ação movida por um funcionário do PRBS com 35 anos de experiência quadrilheira!!! Ganhamos a ação, em todas as instâncias, na esfera criminal. Corre ainda uma ação cível.  Esta capa, como um todo, impõem uma determinada subjetividade. “Fugas do semiaberto”  é um release da Secretaria de Segurança.  RP para quem não sabe é relações públicas. Essa porra não é JORNALISMO!
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@