#CADÊ MEU CHINELO?

domingo, 7 de agosto de 2011

[over12] TVE VETOU VÍDEO DE TONHO CROCCO



::txt::Monsenhor Jucá::

O programa Radar é um das poucas coisas legais produzidas pela TVE do Rio Grande do Sul. A emissora estatal (estatal sim, pública não) além de pecar pela péssima programação (aqui não incluímos os programas retransmitidos), também tem outro péssimo defeito: ser comandada por políticos que estão no poder. A cada quatro anos, a emissora muda seu estilo da água pro vinho, e vice-versa, dependendo de quem assume o governo estadual.

Pois bem, por ser a emissora oficial do Piratini, seu jornalismo só poderia ser tendencioso. Não há nenhuma reportagem crítica ou denúncias feitas por cidadãos sobre problemas sociais e comunitários. Seria possível de entender a postura se a TVE não fosse sustentada pelo nosso bolso.

O Radar fez uma reportagem sobre a censura que o ex-malandro estadual Giovani Cherini tenta impor em Tonho Crocco, por causa da música que deu nome aos bois que aumentaram o próprio salário em mais de 70%. Mas, segundo fontes extremamente confiáveis, o vídeo de Tonho foi vetado de ser exibido dentro do programa, pois "poderia causar problemas". A ordem teria sido dada pelo presidente da Fundação Piratini, o senhor Pedro Osório.

Mesmo que alguém queira contestar esta informação, não há como esconder um fato: o vídeo Gang da Matriz ainda não foi exibido no Radar. A pergunta que não quer calar: que problemas podem ser causados? O óbvio: Cherini não está sozinho. Infelizmente.

===

33 minutos depois:

Caro editor da revista O Dilúvio:


A Fundação Cultural Piratini informa que não praticou qualquer tipo de censura à obra do artista Tonho Crocco em sua programação. Com o objetivo de qualificar o debate sobre o assunto e o direito de livre expressão, o caso foi amplamente tratado em reportagem especial no programa Radar do dia 4 de agosto.


Veja a matéria sobre o assunto em http://www.youtube.com/watch?v=be6HWsoCTbw


A Fundação Cultural Piratini mantém sua posição a favor da livre manifestação de pensamento, de criação, de expressão e de informação, sob qualquer forma, não praticando censura de natureza político-ideológica ou artística.

Salientamos ainda que o vídeoclipe Gangue da Matriz foi veiculado pela emissora no mês de janeiro e no programa Radar TVE da útlima sexta-feira, dia 5 de agosto de 2011.

Estamos à disposição para resolver qualquer dúvida,

atenciosamente,

Anahy Metz
Assessora de Comunicação Social
Diretoria de Marketing Cultural
Fundação Cultural Piratini - Rádio e Televisão
DRT 15370
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@