#CADÊ MEU CHINELO?

terça-feira, 20 de setembro de 2011

[agência pirata] REVOLUÇÃO FARROUPILHA: PERDEMOS. ASSINAMOS UM EMPATE. COMEMORAMOS COMO VITÓRIA



::txt::Rodrigo Machado::

Nunca esqueço uma vez em sala de aula, lá pelos anos 80, levantei o braço e perguntei com a maior inocência: “Professora, qual foi o dia exato da nossa vitória na Revolução Farroupilha?”. Sabem o que aconteceu? Ela me mandou pra rua da sala, pois acreditou que eu estava, como sempre, ironizando os fatos. Sim, faz tempo que a “iconoclastia” está presente na minha vida, porém desta vez estava com uma dúvida.

Obviamente, dias depois entendi que não havia uma resposta, pois não houve vitória. Sem dúvidas cheguei a conclusão que comemoramos o fato de um bando de desordeiros que queriam, com forças de armas resolver a situação, perderam, mesmo assim comemoramos o “orgulho gaúcho”. Sinceramente tenho que rir, tamanha estupidez.

Certa vez, acompanhando uma conversa, entre um assessor político do mais alto escalão do governo e um pretendente a trabalhar na comunicação da campanha política que estava por vir. O pretendente narrou uma série de campanhas que ele trabalhou. O assessor, como num míssel “Tomahawk Cruise”, lascou: “Agora me fale de suas vitórias, pois suas derrotas eu já sei.”, obviamente a pessoa não foi contratada. Isso é mais ou menos o que acontece nas “comemorações” das derrotas e massacres do 20 de Setembro.

Quase que como uma, repetição dos fatos, temos um bando de pessoas que ficam acampadas em meio a lama e fumaça, bebendo e comendo no centro de Porto Alegre, durante vários dias, sem fazer nada, além de correr riscos com a sua vida, pois a beberagem altera o humor e “gaúcho bom é gaúcho brabo”, logo uma pequena discussão invariavelmente acaba em esfaqueamento. Com tamanha violência, obviamente, a Segurança Pública precisa estar voltada para o acampamento. Sabem o que acontece? Os comuns, dentre eles, eu estou inserido ficam com menos policiamento nas ruas, além claro de outras tantas situações desagradáveis.

Por último, parece que estão reivindicando a proibição de transito de seus cavalos, nas ruas centrais de Porto Alegre... Menos....Bem menos...
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@