#CADÊ MEU CHINELO?

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

[do além] PALAVRAS POR ORDEM



::txt::Charles de Gaulle::

Andei lendo sobre o conflito entre os estudantes da USP e a Polícia Militar e cheguei à conclusão de que eu não tenho sorte mesmo. Quando enfrentei a crise de maio de 68, não tive a opinião pública do meu lado. Depois que os estudantes ocuparam a Faculdade de Nanterre, nos arredores de Paris, para protestar contra a sociedade de consumo e o ensino tradicional, fiz uso da força e tornei-me, logo eu, impopular.

A tentativa de sufocar aquele arroubo juvenil tomou grandes proporções. Nos dias seguintes, o conflito estendeu-se a outros setores. Mais de 10 milhões de trabalhadores entraram em greve. Os protestos tomaram conta do país, novos conflitos e enfrentamentos com a polícia pipocaram por toda parte. As instituições tremeram, por um triz não entramos em guerra civil. Cheguei a ponto de declarar a situação incontrolável e propor um referendo. As ruas estavam tão barulhentas que ninguém escutou. Não me restou alternativa senão dissolver a Assembleia e convocar eleições legislativas para junho. Meu partido venceu o pleito, mas no ano seguinte amarguei uma derrota no referendo sobre a regionalização e reforma do Senado. Fiquei désolé, pedi demissão e retirei-me da política. Foi uma saída melancólica para uma carreira triunfante.

A minha falta de sorte fica mais evidente quando se compara às verbalizações do pensamento de cada período. Aliás, as barricadas de Paris foram pródigas em slogans libertários. Maus tempos aqueles em que não havia redes sociais para chamar os protestantes de baderneiros mimados.

Outra diferença entre maio de 68 em Paris e outubro de 2011 na USP é que as frases de protesto antes eram gritadas e pixadas pelos estudantes. Agora elas vêm da sociedade e da imprensa. Ontem, palavras de ordem. Hoje, palavras por ordem. Acompanhe só:



Maio 68

"É proibido proibir"

USP 11

"É proibido"



Maio 68

"Sejam realistas, exijam o impossível!"

USP 11

"Sejam realistas”



Maio 68

"A imaginação ao poder"

USP 11

"A imaginação? Ah, vai se f..."



Maio 68

"O patrão precisa de ti, tu não precisas dele"

USP 11

“O patrão precisa de ti amanhã bem cedo”



Maio 68

"Revolução, eu te amo"

USP 11

“Revolução, eu conheci outra pessoa”



Maio 68

"Abaixo a universidade"

USP 11

“Me abaixo pra universidade”



Maio 68

"O sonho é realidade"

USP 11

“O sonho, em realidade, é sonho”



Maio 68

"O sagrado, eis o inimigo"

USP 11

“Consagrado, eis o nosso amigo”



Maio 68

“Nós somos todos judeo-alemães"

USP 11

“Nós somos todos alemães"



Maio 68

"Acabareis todos por morrer de conforto"

USP 11

“Acabareis todos por morrer de conforto. Deus te ouça”
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@