#CADÊ MEU CHINELO?

terça-feira, 6 de abril de 2010

O CASO ELISEU SANTOS



#over12
Ainda bem que existe Ministério Público

txt: Tiago Jucá Oliveira

Talvez você que não é daqui do Rio Grande do Sul esteja por fora do caso Eliseu Santos. Não tenho muita paciência pra explicar, então é um texto dirigido a nós gaúchos. Mesmo assim cabe um resumo: um secretário da prefeitura de Porto Alegre é assassinado, e em pouco tempo a polícia dá o caso como encerrado, ao explicar que foi um assalto seguido de morte. Os suspeitos foram detidos, e nossa brilhante imprensa engoliu a versão e também deu como esclarecido o caso.

Uma coincidência não quis calar. Eliseu havia recebido ameaças de morte na mesma semana em que morreu. Facto que não recebeu muita atenção da polícia e imprensa. E é ae onde quero chegar. A polícia é incompetente ou quis abafar o caso? Não duvido que sejam ambas as coisas. E até entendo, embora não compreenda a que pontos chegamos.

O pior é a imprensa da província. Estão sempre com câmeras escondidas pra meter no cu de algum pobre coitado que vende vale-transporte na Rua da Praia, e agora se comportou de maneira vergonhosa. Cadê os jornalistas investigativos? Nós, da imprensa nanica, não temos condições pra desvendar um caso como este. Esse papel caíria bem pros fotonaldos da vida.

O ridículo disso tudo é que a mídia se calou, aceitou a versão oficial e ecoou o caso como definitivo e encerrado. Incompetência ou submissão? As duas coisas, creio eu. Nossa sorte que sempre há algum promotor do Ministério Público com a pulga atrás da orelha, que sustenta que é crime político. Até a torcida do Flamengo já sabia disso!
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@