#CADÊ MEU CHINELO?

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

[temperos do rock] PRISMA DISCOS!

:: txt :: Toniolo ::

    Tem sonhos de adolescentes que ficam adormecidos as vezes por muitos anos em nossas cachopas e, foi isto que aconteceu comigo e meus amigos de confraria no dia 28/05/11.
     Tinhamos marcado este encontro há pelo menos uma semana, mas sabe como é a vida adulta (hobby com amigos, nunca estão garantidos), é problema de ordem conjugal, familiar, gatos e cachorros ou perda de um ente querido, a Lei de Murphy nestes dias funciona dobrado (ainda pego este cara).
     Já tinhamos desmarcado 12 horas antes o compromisso. Acordei no sábado, fiz meus serviços de rotina, lá pelas 11hs resolvi passar um mensagem de apoio para o Diego, pois senti que o amigo estava abatido com a perda da Mãe do seu colega de Stemac.
       Em seguida recebo uma ligação, era o Diego retornando do velório com o Renato me convidando para almoçar, aí pensei Hah, vou levantar o astral destes caras.
        Passaram lá em casa e rumamos para comer um Xis no famoso Lú, segundo o Marroco este xis é clássico em Canoas. Realmente o meu xis salada estava na medida, gostei muito.
        Após a refeição, vamos finalmente conhecer a Prisma Discos em Canoas, pairou-se uma dúvida no ar, chegamos na esquina da rua 15 de janeiro com a rua tiradentes e o Renato me olha na esquina e larga: "não é descendo o calçadão próximo a Estação Canoas?", Hah, mais uma pérola do Renato, olhei pra ele e falei: "não meu amigo é pra esquerda que vamos em busca das raridades".
         Subimos o 1º andar de escadas do Edificio de nº 130 - sala 102 na rua Tiradentes (viu Renato?), e chegando lá o Renato me larga outra: "Professor", hah, pensei comigo, não acredito, ele conhece o Cláudio Berzagui, e a tal loja que o Renato falou existe, era de um ex-funcionário da Prismas Discos, explicou o Cláudio.

                              Sr. Cláudio - Dono da Prisma Discos.


       Saudações iniciais e apresentações, cada um foi buscar suas pérolas...
 
                                       
   Acredito que todos ficaram muito satisfeitos com suas bandas.

 Comecei a frequentar no ano de 1994 na época em que era estudante e cursava o 2ª grau no La Salle em Canoas (depois me rebelei e fui fumar meu Marlboro no Cristo Redentor, isto fica pra outra hora), através de um amigo chamado Fabian o cara era paulista e veio pro sul, rockeiro nato, este recinto é natural e se torna obrigatório para qualquer cidadão que possua não somente belas orelhas em seu hard drive batizado de cabeça pelo humanos para usar óculos, mas sim ter uma mar livre de oportunidades num lugar que se respira música e já inspirou muitos que já passaram por lá.
Pra finalizar, a Prisma é um rota que deveria ser oficial em qualquer panfleto ou folder como roteiro desta cidade e porque não do Estado, você vai achar tesouros que poucos lugares vão ter no Brasil.
O que eu mais gosto neste lugar é que é o tipo do local como o bar do Alfredo, frequentam esta loja todo o tipo de gente: rockeiro, músico, radialista, DJ, gente idosa que vocês não acreditam como chegaram lá e, amantes da música como eu. E o cara é anti-internet não faz questão de vender seu peixe na web, ou seja, como o Alfredo funciona pelo boca-boca. É impossível ficar num local deste menos de 1 hora. Ah o Tio Cláudio serve um bom café preto, pros mais chegados, como é que eu sabia ???

Saindo de lá, o Diego me larga, vamos tomar uma ceva antes de ir embora ? ok. todos concardaram, e a idéia foi conhecer o famoso Amadeus de Canoas, local clássico, como muita história, inciado em 1962, é o Alfredo ou Lourival de Canoas.
 
 
Trio da Confraria Temperos do Rock. Degustando uma Serra Malte, e discutindo sobre os cd´s comprados.
 
E pra finalizar este sábado de locais clássicos em Canoas, pedimos uma calabreza deliciosa.
Valeu cada momento.
Precisamos fazer isso sempre.
Cada local deste tem uma história inimaginável, tantas fatos ocorreram nesses locais que seria impossível não entrar pra história de Canoas juntos com vocês em um Sábado Clássico Edição Especial da Confraria Temperos do Rock.
 


Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@