#CADÊ MEU CHINELO?

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

RECUPERAÇÃO

# over12 #
Férias escolares

txt: Arlei Arnt

Algumas cousas nunca vazam da cabeza. Os tempos de zcola são umas dessas lembranzas que ficam. Esquece as brincadeiras, as paiaçadas, as marmotas e presepadas que aprontei com amigos como o Kimico, o Botelho, o Teio e o Bagaço pelos corredores, salas e pátios do Pereira Coruja. Vamos falar de cousa zéria.

Havia matérias que você pegava recuperação no final do ano, e outras que não. As fáceis, em meados da primavera já não era preciso fazer mais nada. Com o sistema de média de pontos por bimestre, era possível (não sei se ainda é) ser aprovado no terceiro bimestre, pois independente da nota do quarto bimestre, não tinha mais como rodar e ir pra temível recuperação.

Então era aquela cousa: o quarto e último período do ano era levado na moleza, na brincadeira, no desleixo, na lentidão, no despreocupar da nota e do resultado final. Não havia mais a nada ser feito. Era mais ou menos férias, porém não na praia e sim no colégio. Você podia tirar nota baixa, mas não podia faltar às aulas. Como no futebol: um time pode jogar com reservas e tomar de 10 a zero, mas não pode faltar à partida, sob pena de não só perder por W.O., como também ser eliminado da competição e ser rebaixado de divisão pro ano seguinte.

Lembro de minha mãe. "Filho, tem prova amanhã?". "Sim, véia". "Estuda pra tirar um 10!". Ora, por coal motiviz eu ia perder meu tempo, deixar de andar de bike ou tomar um chimas na lagoa, pra me esforçar por algo que não me importava mais. No dia da prova escalei os neurônios reservas, que mal haviam estudado, e dei folga pro Tico e Teco, os craques desta mente que vos perturba com este malicioso texto antes de tirar férias em dezembro.

Imagino agora se a prova na coal minha coroa sonhava com uma nota dez fosse num bela tarde ensolarada de domingo de dezembro numa cidade como o Rio de Janeiro. "Filho, capricha e tira um dez pra encerrar bem o ano, pra honrar o sobrenome da tua família, este brasão que ilustra a parede deste chão que te criou". Que nada. Vou entregar a prova em branco logo no início e vou pra praia curtir o mar e o sol. Esforço nesta hora é pra quem pegou recuperação. Não perturbe. Estou de férias! "Taxi! Posto 9, por favor".
Postar um comentário

#ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

Você pode:

  • Remixar — criar obras derivadas.

Sob as seguintes condições:

  • AtribuiçãoVocê deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).

  • Compartilhamento pela mesma licençaSe você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra resultante apenas sob a mesma licença, ou sob licença similar ou compatível.

Ficando claro que:

  • Renúncia — Qualquer das condições acima pode ser renunciada se você obtiver permissão do titular dos direitos autorais.
  • Domínio Público — Onde a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público sob o direito aplicável, esta condição não é, de maneira alguma, afetada pela licença.
  • Outros Direitos — Os seguintes direitos não são, de maneira alguma, afetados pela licença:
    • Limitações e exceções aos direitos autorais ou quaisquer usos livres aplicáveis;
    • Os direitos morais do autor;
    • Direitos que outras pessoas podem ter sobre a obra ou sobre a utilização da obra, tais como direitos de imagem ou privacidade.
  • Aviso — Para qualquer reutilização ou distribuição, você deve deixar claro a terceiros os termos da licença a que se encontra submetida esta obra. A melhor maneira de fazer isso é com um link para esta página.

.

@

@